Impotência masculina e demandas destrutivas

O estresse com o qual vivemos hoje é a causa de uma variedade de patologias psicológicas. Existem outros fatores de risco, como obesidade, tabagismo e abuso de álcool, mas o estresse parece ser o principal culpado. Na maioria dos casos, a impotência masculina tem, portanto, uma base psicológica e não física.

A verdadeira razão para a falta de seis vezes é o fato de colocarmos essa atividade em um pedestal. Embora seja verdade que o sexo traz uma série de benefícios positivos, tanto fisicamente quanto para o crescimento do relacionamento, ele não deve ser o fator mais importante na escala de valorização de um homem.

Essa idealização do sexo, em que a indústria pornográfica é parcialmente responsável, impõe exigências cada vez maiores aos homens. Se esses requisitos não forem cumpridos como “deveriam”, o homem se sentirá inútil. Incapaz de fazer uma mulher feliz, um fracasso. Se um homem pensa que não pode se deixar falhar, é precisamente esse medo do fracasso que leva à impotência.

Educação sexual pobre

Essas demandas são resultado de educação sexual deficiente que recebemos. Essas idéias preconcebidas e irrealistas circularam na sociedade como um incêndio florestal. Uma dessas idéias é que um homem é responsável pelo prazer da mulher.

Se houver suspeita de doença cardíaca, outros exames cardíacos podem ser feitos.

Às vezes, um problema de ereção tem a ver com seus hormônios. Além disso, você geralmente tem menos desejo por sexo.

Nesses casos, o exame de sangue medirá os níveis de testosterona e prolactina no sangue.

Tratamentos

Tratar uma causa subjacente

Por exemplo, assegurando que questões como depressão, ansiedade, certos medicamentos, bebidas alcoólicas ou tratamentos hormonais sejam tratados adequadamente, um problema de ereção pode ser resolvido ao mesmo tempo.

Estilo de vida e outros conselhos

Já dissemos: um problema de ereção pode ser um sinal para um problema cardíaco futuro. Só por essa razão, é importante prestar atenção ao seu estilo de vida e ajustar as coisas que causam os problemas. Por exemplo: pare de fumar, faça mais exercícios, coma saudável e assim por diante.

Veja também o artigo Prevenção de doenças cardiovasculares.

Também peça conselho ao seu médico. Você pode receber medicamentos que reduzem o risco de doença cardiovascular.

Conselhos e / ou terapia

Às vezes é bom conversar com um especialista (como um psicólogo). Sozinho ou com seu parceiro. Também a terapia sexual pode ajudar (geralmente em combinação com outros tratamentos)

Problemas de ereção / problemas de potência

You may also like